Skip to content

artigo

Gerência de redes com Zabbix: a função dos agentes

Eu e André Déo estamos dando continuidade a série de artigos sobre Zabbix e publicamos o segundo artigo. Nele foram abordadas as funções, o funcionamento e os tipos de agentes suportados pelo Zabbix. Também foi mostrado como instalá-los no Windows e GNU/Linux. Para validar a instalação do agente, foi mostrado como criar um gráfico para monitorar um equipamento.

O artigo foi publicado na 20° edição da Revista Espírito Livre, nas páginas 74 a 82. E por falar nisto, a revista traz na capa o tema Pirataria (de software, mp3 …) com os especialistas discutindo sobre este polêmico assunto. Vale a pena conferir de perto.

Baixe gratuitamente a sua cópia em http://www.revista.espiritolivre.org/?p=831

Boa leitura!

Gerência de Redes com Zabbix

Este é o título da série de artigos sobre Zabbix que está sendo publicada na Revista Espírito Livre.

No primeiro artigo da série, eu e André Déo procuramos mostrar a importância de gerenciar uma rede de computadores e porque utilizar o Zabbix para realizar esta tarefa. Além de mostrar as características e vantagens, também mostramos como instalar o Zabbix no Ubuntu Server e CentOS.

Baixe a 18° edição da Revista Espírito Livre em http://www.revista.espiritolivre.org/?p=693 e leia o artigo nas páginas 69 a 73.

Confira também os outros destaques desta edição. Fala aí João Fernando Costa Júnior (editor da revista):

“Tivemos a oportunidade de estar frente a frente com Linus Torvalds, criador do Linux, o popular kernel que habita em diversos de nossos computadores. Ele esbanjou simpatia ao nos receber em uma longa entrevista durante a LinuxCon, em São Paulo. Não somente a entrevista, mas juntamente com o fato de que ainda não havíamos tido uma capa sobre o tão falado pinguim, além de sua popularidade já comprovada, foram os responsáveis pela escolha deste tema. Apesar do bate-papo ter sido longo, preferimos publicá-lo na íntegra, sem cortes, onde Torlvalds, assim como em várias de suas declarações, divide opiniões por onde passa. O que se constata é que, kernel após kernel, o Linux se fundamenta como uma solução viável entre os mais diversos usuários. Isto graças, não somente a Torvalds, mas a uma comunidade atuante e sempre em evolução. Quanto a entrevista, agradecimento especial a Kemel Zaidan, que esteve no evento representando a Revista Espírito Livre.

Além da entrevista, contamos ainda com a colaboração de diversos outros parceiros, que fundamentaram bem o tema de capa. Ricardo Ogliari faz uma análise do pinguim nos dispositivos móveis, mais especificamente nos celulares, enquanto Rodrigo Carvalho foca o seu uso no Android, o sistema operacional baseado em Linux, que vem se popularizando rapidamente entre as empresas que produzem aparelhos de celular e seus respectivos usuários, que por diversas vezes, se apresentam como fãs da plataforma. Jomar Silva faz uma pergunta interessante sobre os usuários linux: “Quem não usa Linux?”, afinal muitos usam sem saber! Alexandre Oliva avalia pontos polêmicos que envolvem o este famoso kernel e levanta várias questões que merecem ser analisadas.

Em paralelo a isso tudo, os outros colaboradores também enriqueceram a edição com suas matérias: Marco Passos destaca a dificuldade de coordenar projetos colaborativos enquanto Jamerson Tiossi afirma que o usuário doméstico é a fronteira final quanto a adoção do software livre no desktop. Alexandre A. Borba levanta questões de reflexão sobre a recente criação da suite LibreOffice.”