Conhecendo o Rancher

O Rancher é uma uma plataforma de código fonte aberto que permite o gerenciamento de uma infraestrutura de conteineres (seja usando Docker ou Kubernetes) com o objetivo de efetuar o deploy de aplicações em ambientes de rede local ou em serviços de nuvem (Azure, Digital Ocean, AWS, etc).

O Rancher tem o código fonte disponível em: https://github.com/rancher/rancher.

Instalando o Rancher via Docker

A instalação usando o Docker é  bem mais simples e rápida.

Se você não sabe o que é Docker, recomendo começar lendo os links abaixo. É um longo caminho, mas vale a pena conhecer essa tecnologia.

http://blog.aeciopires.com/palestra-transportando-as-aplicacoes-entre-varios-ambientes-com-docker/
http://blog.aeciopires.com/primeiros-passos-com-docker/

Também dou curso de Docker: http://blog.aeciopires.com/curso-docker

Neste tutorial será considerado que você já possui o Docker instalado e que o computador possui pelo menos 4 GB de memória RAM. Esses requisitos mínimos foram obtidos nesta página: https://github.com/rancher/rancher/#minimum-requirements.

0) Crie o diretório abaixo para persistir os dados do conteiner.

sudo mkdir -p /docker/rancher/data
sudo chmod -R 777 /docker/rancher/data

1) Baixe e execute o conteiner com o comando abaixo.

sudo docker run -d --restart=always \
-p 80:80 -p 443:443 \
--name rancher-server \
-v /docker/rancher/data:/var/lib/rancher \
rancher/rancher:latest

2) O Rancher estará acessível na URL https://IP_SERVIDOR. Será solicitado que você crie uma senha para o usuário admin.

3) Na página seguinte defina a URL do servidor  Rancher. A URL pode ser um endereço IP ou um nome DNS. Essa informação será usada pelos nós que se conectarem aos clusteres gerenciados pelo Rancher.

4) Clique em Add cluster. Como dito anteriormente, o Rancher suporta vários tipos de infraestrutura de nuvem. No caso deste tutorial, selecione o tipo Custom. Nos campos um pouco mais abaixo da página, informe o nome do cluster e ignore as opções Member Cluster e Cluster Options. Clique no botão Next. Em Node Role, selecione todas as funções: etcd, Control e Worker.

5) Será exibido um longo comando. Copie e execute no terminal. O objetivo deste comando é criar um conteiner no mesmo computador que executa o rancher-server. Esse novo conteiner funcionará como um nó do cluster criado recentemente. Com isso será possível gerenciar conteineres Docker a partir do Rancher. Voltando a página de configuração do cluster, clique no botão Done.

6) Você será direcionado para a lista de cluster cadastrados. O novo cluster será exibido inicialmente com o estado provisioning. Clique no nome do cluster para visualizar os detalhes.

7) Para acompanhar os logs do conteiner do novo nó do cluster usando os comandos abaixo.

aux=$(docker ps -l --format '{{.Names}}') ; 
docker logs -f $aux

8) Aguarde alguns minutos até que o estado do cluster mude de provisioning para active.

9) Pronto! O seu cluster está ativo e agora você pode criar as suas aplicações.

10) Para obter mais informações sobre como usar e configurar o Rancher acesse os links abaixo.

https://rancher.com/docs/rancher/v2.x/en/quick-start-guide/
https://onebitcode.com/o-que-e-e-como-funciona-o-rancher/

11) Se quiser parar o conteiner, é só executar o comando abaixo.

docker stop rancher-server

12) Para iniciá-lo novamente, execute o comando abaixo.

docker start rancher-server

13) Para visualizar os logs, execute o comando abaixo.

docker logs -f rancher-server

Bons estudos e bom teste!

Fonte:

https://rancher.com/docs/rancher/v2.x/en/quick-start-guide
https://rancher.com/docs/rancher/v2.x/en/installation/single-node-install
https://rancher.com/docs/rancher/v2.x/en/installation/references

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *