Conheça o Puppet Bolt

Neste post no blog da Instruct foi apresentado uma descrição sobre os objetivos do Puppet Bolt, um novo produto da empresa Puppet que vem para ajudar o trabalho do administrador de sistemas e de rede.

O Puppet Bolt serve para executar comandos, tarefas, scripts em vários hosts simultaneamente. E o melhor: não precisa instalar nada nos hosts da rede. Ele acessa os hosts via SSH.

O Puppet Bolt tem o código fonte aberto (https://github.com/puppetlabs/bolt) e é gratuito.

Neste post vou mostrar como instalar e usar essa ferramenta.

Instalando o Puppet Bolt no GNU/Linux

Essa ferramenta pode ser instalada no GNU/Linux, Windows e MacOS. As instruções de instalação são as seguintes:

1) Instale o Puppet Bolt de acordo com o sistema operacional e as instruções disponíveis na página https://puppet.com/docs/bolt/latest/bolt_installing.html.

2) Crie um arquivo contendo a lista de hosts a serem gerenciados pelo Puppet Bolt no seguinte padrão: HOST,PORT_SSH. Exemplo:

host1.domain.com.br:22
host2.domain.com.br:2220
host3.domain.com.br:2222
host1.domain2.com.br:22
host2.domain2.com.br:2220
host3.domain2.com.br:2222

3) Execute o Puppet Bolt para obter a ajuda e opções de subcomandos.

bolt --help

4) Exemplos de linhas de comando do Puppet Bolt:

a) Executando um comando em apenas um host via SSH. Dessa forma a senha de acesso ao SSH do host remoto será solicitada no prompt de comando.

bolt command run "ls /home/" --node ssh://host1.domain.com.br:22 -u myuser --no-host-key-check -p
b) Executando um comando em apenas um host via SSH passando a senha do SSH do host remoto.
bolt command run "puppet agent -t -d --noop" --node ssh://host1.domain.com.br:22 -u myuser --no-host-key-check -p mypass

c) Executando um comando em uma lista de hosts cadastrados num arquivo (veja o padrão no passo 2). Dessa forma a senha de acesso ao SSH dos hosts remotos deve ser a mesma para todos e será solicitada no prompt de comando.

bolt command run "ls /home/" --node @/home/aecio/hosts_remotos.txt -u myuser --no-host-key-check

d) Executando um comando em uma lista de hosts cadastrados num arquivo (veja o padrão no passo 2). Dessa forma a senha de acesso ao SSH dos hosts remotos deve ser a mesma.

bolt command run "ls /home/" --node @/home/aecio/hosts_remotos.txt -u myuser --no-host-key-check -p mypass

e) Executando um comando em uma lista de hosts cadastrados num arquivo (veja o padrão no passo 2). Está sendo solicitado a visualização de mais detalhes nas mensagens de log e habilitando o modo verbose na executação de cada comando nos hosts. Se a senha possuir caracteres especiais que precisem ser escapados, a mesma deve estar entre aspas simples.

bolt command run “sudo /opt/puppetlabs/bin/puppet agent -t -d” –node @/home/aecio/hosts_remotos.txt -u myuser –no-host-key-check -p ‘|mypass@–verbose –debug

f) Para obter mais opções de uso do Puppet Bolt execute o comando.

bolt --help

Para aprender mais sobre o Puppet, veja o livro que publiquei pela editora Novatec: https://novatec.com.br/livros/puppet/

Fonte:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *